daytodayforever

Início » Uncategorized » VITAMINA D – a vitamina do Sol

VITAMINA D – a vitamina do Sol

junho 2013
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

A HISTÓRIA DA MASSAGEM

Nenhum evento

Categorias

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 378 outros seguidores

Está mais que comprovado que a vitamina D é responsável pelo processo de absorção do cálcio em nosso organismo, diminuindo o risco de raquitismo e osteoporose, além do desenvolvimento e manutenção de dentes fortes e saudáveis.

A vitamina D somente consegue fazer isto se tomarmos 15 minutos de sol diário, sem protetor solar, porque precisamos dos raios UVB para conseguirmos metabolizá-la.

reprise_of_autumn_sun_by_ssilence

Indivíduos com a pele mais escura tem uma capacidade reduzida de sintetizar a vitamina D e, por isso, devem se expor ao sol com maior frequência ou por um maior período de tempo, para garantir a produção ideal da vitamina.

Os alimentos ricos em vitamina D são

Atum fresco (90g)                3.6 mcg

Sardinha fresca (100g)       5.2 mcg

Sardinha enlatada (100g)  17 mcg

Manteiga (1 colher)             0.45 mcg

Cogumelos (100g)               0.65 mcg

Leite (1 copo)                        0.17 mcg

Gema de ovo (100g)           0.53 mcg

Ovo de galinha (100g)       0.8 mcg

Fígado de boi (100g)         1.12 mcg

Iogurte (1 potinho)            1.2 mcg

images (7)

Os sintomas da baixa concentração de vitamina D no organismo são: a diminuição do cálcio e do fósforo no sangue, fraqueza muscular, tetania, moleira aberta após o 1º ano do bebê, irritabilidade, inquietação, anorexia e suor excessivo podem surgir nas crianças, osteoporose nos idosos, raquitismo, osteomalácea, pernas tortas.

O exame de sangue chamado vitamina D 25-hidroxi serve para medir a quantidade de vitamina D presente no organismo, podendo ainda ser chamado de exame de 25-OH vitamina D ou de exame de calcidiol 25- hidroxicolecalciferol.

Antes de realizar esse exame, recomenda-se fazer um jejum de 4 horas. Os seus valores de referência são de 30 a 74 mg/mL.

A vitamina D seria tão boa para o cérebro como ela é para os ossos!

tumblr_lku5jdhZCN1qjc8u6o1_500_large 

Através de dois estudos efetuados na Finlândia e na Grã-Bretanha, seus autores chamaram a atenção para uma relação entre a baixa taxa de vitamina D no sangue e o aparecimento ou agravamento de um declínio cognitivo.

Todos os 858 participantes do primeiro estudo feito em Exceter (Inglaterra) tinham mais de 65 anos. Nos pacientes com carência de vitamina D, os autores constataram um aumento de 60% do risco de declínio mental e intelectual. Ao mesmo tempo, uma equipe finlandesa mostrou que essa carência poderia estar relacionada a um aumento do risco do Mal de Parkinson. Nesse segundo estudo, foi comprovado que os pacientes cuja taxa de vitamina D era mais baixa, o risco de Mal de Parkinson era três vezes mais elevado do que nos outros. No entanto, nenhuma relação de causa e efeito entre os dois fenômenos pôde ser demonstrada, em nenhum dos lados.

Uma hipótese possível, foi estudada nos Archives of Neurology: A vitamina D protegeria os neurônios que são progressivamente destruídos pelo Mal de Parkinson”. 

Fonte: Archives of Neurology, 12 de julho de 2010, JAMA e Archives Journals, 12 de julho de 2010.

bike-2

Falta de vitamina D é associada a 12 doenças

Durante o encontro anual da Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos, em fevereiro, pesquisadores revelaram que entre 889 pacientes adultos tratados no centro de traumatologia do Missouri em decorrência de fraturas, os níveis de vitamina D no sangue eram “insuficientes” em 78% e “extremamente insuficientes” em 39%. O grupo estudado excluiu pessoas com fatores de risco conhecidos para a deficiência de vitamina D.

Um segundo estudo, realizado por médicos em Seul, revelou que os níveis de vitamina D eram “significativamente mais baixos” em 104 mulheres na pós-menopausa que haviam quebrado o pulso que entre os 107 pacientes da mesma idade sem qualquer fratura.

Outras linhas de pesquisa passaram a investigar se a a vitamina D no sangue pode proteger contra doenças crônicas ou potencialmente fatais. Nos últimos anos, muitos estudos ligaram níveis baixos de vitamina D a riscos para a saúde como doenças cardíacas, pressão alta, câncer, artrite reumatoide e outras doenças autoimunes, levando muitos homens e mulheres preocupados com a saúde a acreditar que suplementos de vitamina D são uma proteção.

O Dr. Kevin A. Fiscella, especialista em saúde pública e médico de família na Universidade de Rochester, decidiu tomar 1.000 unidades de vitamina D por dia, baseando-se nos dados de seus estudos quem relacionam diferenças raciais nos níveis de vitamina D ao risco de doenças, e em sua crença de que fazer isso “não prejudica e ainda pode ajudar”.

Fiscella enfatizou que suas descobertas sugerem fortemente _ apesar de não comprovarem _ que as deficiências de vitamina D causam ou contribuem para causar doenças como câncer colorretal, pressão alta, insuficiência renal e doenças cardíacas, que afetam os negros americanos com maior frequência do que os brancos. Os resultados são sustentados por conhecidos efeitos biológicos da vitamina D e pela ocorrência de uma deficiência generalizada de vitamina D entre os negros que vivem no Hemisfério Norte.

Quase todos os tecidos do corpo possuem receptores de vitamina D, entre eles intestinos, cérebro, coração, pele, órgãos sexuais, mamas, linfócitos e placenta. Sabe-se que essa vitamina, que atua como um hormônio, influencia a expressão de mais de 200 genes.

depois-de-um-comeco-de-verao-chuvoso-o-sol-dos-ultimos-dias-fez-os-ingleses-migrarem-para-as-pracas-e-parques-1343518622601_956x500

Em estudos laboratoriais, demonstrou-se que ela tem propriedades anticancerígenas, inibindo o crescimento e a disseminação de tumores. Além disso, há evidências ainda inconclusivas que sugerem que a deficiência de vitamina D desempenha um papel na asma, no diabetes 2, em doenças autoimunes como a esclerose múltipla, e a artrite reumatoide, a pré-eclâmpsia e o peso baixo ao nascer, além de distúrbios neuropsicológicos como o autismo, a depressão e a perda de memória.

A vitamina D é um nutriente essencial solúvel em gordura que entra naturalmente no corpo, principalmente por meio da pele, onde a radiação ultravioleta B da luz solar estimula a produção da pré-vitamina D, que, por sua vez, é convertida nos rins para a forma biologicamente ativa, o hormônio vitamina D.

(Pesquisa publicada pelo New York Times- 2012)

395621_258394764303865_412143456_n

Anúncios

8 Comentários

  1. Oh my goodness! an incredible article dude. Thanks However I am experiencing subject with ur rss . Don’t know why Unable to subscribe to it. Is there anybody getting similar rss drawback? Anybody who is aware of kindly respond. Thnkx

  2. Hey there would you mind letting me know which web host you’re utilizing? I’ve loaded your blog in 3 different internet browsers and I must say this blog loads a lot faster then most. Can you recommend a good internet hosting provider at a honest price? Kudos, I appreciate it!

  3. I just want to mention I’m all new to blogging and site-building and absolutely loved your page. More than likely I’m want to bookmark your blog post . You absolutely have amazing articles. Cheers for sharing your website.

  4. Ken Berrong disse:

    I simply want to say I’m new to blogging and site-building and definitely loved this web site. Likely I’m want to bookmark your site . You absolutely have remarkable stories. Thanks a lot for revealing your blog site.

  5. I really like it when people come together and share thoughts. Great website, continue the good work!

  6. Its hard to find good help

    I am forever saying that its hard to get quality help, but here is

  7. Informative and precise

    Its difficult to find informative and precise information but here I noted

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: