daytodayforever

Início » Uncategorized » C.D.A. – Saudade da Marchinha

C.D.A. – Saudade da Marchinha

março 2014
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

A HISTÓRIA DA MASSAGEM

Nenhum evento

Categorias

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 378 outros seguidores

ditadura-45-anos_f_001

A Marcha da Família com Deus pela Liberdade, alguém lembra-se disto¿ É aquela mesma de 19 de março de 1964, que vergonhosamente reuniu 200 mil pessoas em São Paulo, sob o argumento da “ameaça comunista”, pedindo a deposição do presidente João Goulart. Eles defendiam a vida, a liberdade e a Democracia, contra o Comunismo. Pois muito bem, teremos um “Vale a Pena Ver de Novo”, no próximo sábado.

rm2

Esta nova versão reivindica a intervenção militar, com objetivos de acabar com a corrupção, retirar do poder políticos considerados corruptos, promover a moralização dos três Poderes, e posteriormente, convocar novas eleições para a  criação de um governo constituído apenas por “fichas limpas”.

Parece ser muito boa a ideia! Afinal de contas, se não podemos fazer isto pelos meios democráticos, por  que não clamar às Forças Armadas, que amam tanto a pátria, que façam¿ Com certeza, os militares tem prática e meios de acabar com a corrupção, moralizar políticos e os Poderes. A atuação dos militares no poder de 1964 até 1986 foi de uma clareza, uma moralidade, uma honestidade irrepreensível. Basta procurar as opiniões proferidas durante o período. Inclusive devo lembrar da política de controle demográfico, onde muitos brasileiros sumiram, muitas famílias ficaram sem seus membros. E por duas décadas ninguém podia marchar; a  não ser, em comemorações cívicas.

rm7

Afinal de contas, a sociedade brasileira esclarecida, não aguenta mais a bagunça no Poder, e o black bloc, as manifestações dos vinte centavos, os rolezinhos, os sem terras, talvez os professores, os policiais, os garis, e todo o resto dessa sorte, que agora deram de reivindicar melhorias, reivindicar uma condição de trabalho mais digna, buscando garantir os seus direitos dados pela Constituição. Isto não é democracia, deve ser outra coisa, talvez um ensaio de bloco de carnaval.

Há muito tempo, o povo brasileiro não se unia para revindicar direitos e em toda a história política brasileira, não se conseguia tantos avanços.

Que fique bem claro que não apoio o governo Dilma. Mas não cabe a nós ferirmos a Democracia. Ao contrário, temos que mantê-la, fortalecê-la e exercê-la. Estamos próximos a novas eleições, procurem saber mais sobre os candidato. Procurem algum que lhes representa, e cobre, caso este seja eleito. Informe-se. Parem com esse absurdo de que viraremos um país comunista. Que comunismo é esse, onde  a política vigente enriquece banqueiros, empreiteiros, que um professor é agredido seriamente ao manifestar por melhor salário e condições de trabalho¿ Que comunismo é esse que agiu de forma tão truculenta contra ao povo quando exigiu que não aumentasse o valor do ticket de transporte?

cordao-da-mentira

Não acreditem nos netos e bisnetos dos coronéis, que hoje veem com medo a senzala, pois quem os mantém estão descobrindo o poder que tem. Parem de esperar um salvador da pátria. Traga para si a responsabilidade de mudar este país. É mais trabalhoso, mais cansativo, mais dolorido dependendo, mas é democrático. Mas você também tem o direito, de vergonhosamente ou preguiçosamente entregar seu futuro nas mãos de alguém que decide por você, o seu sinhozinho. Caso não tenha vergonha, apoie e engrosse a  marcha.

Sambaqui Modern Sapiens  (SMS) macaco (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: