daytodayforever

Início » Uncategorized » Fitness Forever – Academia e minha avaliação física

Fitness Forever – Academia e minha avaliação física

abril 2014
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

A HISTÓRIA DA MASSAGEM

Nenhum evento

Categorias

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 378 outros seguidores

fitness forever 1

Vocês não imaginam o quanto é boa a sensação de estar se sentindo um guerreiro. Lutar contra o sedentarismo e a obesidade esta propiciando-me tantos benefícios que, um dos meus maiores desejos, é  que todos os obesos e sedentários busquem se cuidar, que resolvam se amar.

Enfim, depois dos primeiros 15 dias, como falei no post anterior, resolvi que iria buscar auxílio em uma academia. Primeiramente porque tenho consciência que essa perda de peso inicial não se repetirá linearmente durante os meses seguintes. Claro que eu sei que não perdi 4,6 kg de gordura localizada apenas. Continuo com a minha odiosa barriga. Continuo tendo minha cintura degolada pela minha bermuda 44. Continuo tendo um peitoral que mais se parece com as “tetas de uma cadela amamentando”. Ainda esta acoplado a mim dois pneus de kart. Mas vamos vivendo e buscando melhorar a cada dia  o que der e conviver com o que vier.

Mais a frente, em uma outra oportunidade, falarei sobre escolha de academia e o que acredito ser relevante quanto a essa importante decisão.

No dia 16 de janeiro, uma quinta-feira, lá fui eu, por volta das 19 horas, fazer minha avaliação física.

metricas

Sinceramente digo que tive uma grande empatia pela profissional que me avaliou. É uma pessoa muito prática e naturalmente faz seu trabalho. Sem ufanismo, sem ego inflado. E até conversamos amenidades.  Não usou do terror para me fazer um membro de sua academia.  Ou seja, avaliou-me, fez as considerações cabíveis e me entregou uma cópia da avaliação. E em seguida me explicou sobre os  horários  e os serviços que academia oferecia.

Neste dia não treinei, fui pra casa refletir sobre como em apenas um ano meu corpo transformou-se naquilo.

Creio ser relevante dividir as informações da minha avaliação com vocês, para termos dados numéricos das mudanças conseguintes. 

obesidade-grave1-300x275

Composição Corporal

  • Peso atual:  91,40 kg

  • Altura: 185,00 cm

  • Dobra torácica: 28,00 mm

  • Dobra abdominal: 52,00 mm

  • Dobra da coxa: 23,00 mm

Protocolo de Pollock (3 dobras)

  • % Gordura ideal: 16%

  • % Gordura atual: 29,68%

  • Peso Gordo: 27,13 Kg

  • Peso Magro: 64,27 Kg

  • Peso Ideal: 76,51 Kg

Importante notar que a diferença entre o ideal e o atual de porcentagem gordura é de 13,68% a mais que o adequado. Ou seja estou 13,68 % mais gordo que o necessário. 

Perímetros (em cm)

  • Pescoço: 41,5

  • Tórax: 104,00

  • Cintura: 93,00

  • Abdome: 100,00

  • Quadril: 107,00

  • Antebraços: 29,00 (D)  e 27,00 (E)

  • Braços: 31,00 (D) e 29,50 (E)

  • Braços contraídos: 33,75 (D) e 32,75 (E)

  • Coxas: 59,00 (D e E)

  • Panturrilhas: 39,75 (D)  e  39,00 (E) 

* (D) direito e (E) esquerdo

Quanto aos perímetros, há uma diferença entre o lado direito e o esquerdo dos membros. Algo muito comum, que pode ser corrigido com a musculação. 

O que conclui após  a avaliação é que o visivelmente não demonstra o quanto na verdade você esta fora do recomendado para seu corpo. Não estou falando de padrões de beleza, e sim de padrões para sua estrutura corpórea. 

Neste um ano, claro que eu excedi na questão alimentação, pois em casa de mãe a comida sempre é farta. E particularmente aqui em casa, como em qualquer cozinha regionalmente mineira, é comum haver frituras, carne suína, defumados, bolos, doces, arroz, feijão, tortas, macarrão, pizza, e sanduíches  aos domingos. Mas também há  legumes e verduras, além de frutas. Em minha casa a comida é sempre fresca e natural. Quase não se usa nada industrializado. 

5191158897f96f0f88421761979f853abe89649c

Isto me faz refletir que um ano de sedentarismo unido a alimentação caseira eu cheguei a esta condição, de 11 kg acima do meu normal. Imaginem se  eu fosse um inveterado em fast foods, refrigerantes, enlatados, congelados e toda sorte de industrializados. 

Como essas fábricas de podres delícias nos faz perder o equilíbrio de nosso organismo. Como além da pressão dos problemas socioeconômicos da pós modernidade, que já nos causam estresse, aflições, fobias, gerando várias doenças psicossomáticas, ainda nos é ofertada  uma alimentação que nos assedia com sabores, cores, aromas sem ter absolutamente nada de positivo às nossas necessidades diárias de substâncias, para preservarmos nossa saúde física.

healthy diet plan

Chega a ser irônico que mesmo com tanto avanço na medicina, com tanta informação, há tanta oferta de incentivos a doença. Chega a ser preocupante como é tentador e muito fácil adoecer. 

O que me ocorreria , se acaso eu consumisse todos os hábitos dessa vida pós moderna?  Tenho certeza que teria adquirido mais do que 11 quilos, talvez até algo mais sério. 

Agora é frequentar a academia, continuar cuidando da alimentação, melhorar os hábitos e me livrar de todo o excesso, de tudo aquilo que não é necessário, de tudo aquilo que não me faz bem. “Vamo bora guerreiro!!” e até a próxima.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: